MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O BISPO DE LOURDES RECONHECEU LOGO E OFICIALMENTE AS APARIÇOES A SANTA BERNADETTE

Mons Thibauld, bispo de Montpellier, foi dos primeiros a ficar convencido

Participando na onda das primeiras romarias a Lourdes se destacaram dois bispos em Lourdes.
Tratou-se de Mons. Cardon de Garsignies, bispo de Soissons e de Mons. Thibaud, bispo de Montpellier.
Os dois prelados ficaram convencidos pelo relato de Bernadette e comunicaram suas impressões ao diocesano Mons. Laurence, bispo de Tarbes, dentro de cuja diocese ficava Lourdes.
Hoje, posta a importância que ganhou o santuário a diocese foi renomeada para Tarbes-Lourdes e de fato o bispo tem sua residência na própria Lourdes.
Ouvindo os impressionantes e autorizados relatos, Mons. Laurence instituiu uma Comissão de Inquérito em 28 de julho do mesmo ano das aparições (1858).
Bernadette foi convocada a declarar diante dela a partir do mês de novembro desse ano.
Em dezembro de 1860, Bernadette foi chamada para um interrogatório solene. Dependendo dele, o bispo - que em matérias de visões e revelações tem a última palavra - iria emitir seu julgamento.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

A FELICIDADE: ONDE ENCONTRÁ-LA?

Redação - (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) Como a Eva Lavallière, o mundo procura fazer-nos crer que a felicidade se encontra no prestígio ou nos bens materiais, e não em Deus. A história desta rica e brilhante comediante francesa nos mostra ser isto um lamentável equívoco.
* * *
Na Paris da Belle Époque, para onde acorriam visitantes do mundo inteiro à procura da "felicidade" proporcionada pelos prazeres, uma jovem provinciana começou a despontar em 1891 como estrela de primeira grandeza no universo das artes cênicas: Eva Lavallière.

No auge da fama e da infelicidade

A felicidade onde encontrá-la

Comediante genial aos 25 anos de idade, favorecida por notável beleza e invejável voz, tornou-se logo uma das mais famosas atrizes da época. Magnatas das finanças, intelectuais de prestígio, altas personalidades da política e da nobreza não perdiam ocasião de vê-la e aplaudi-la nos palcos da Cidade Luz. Ricos admiradores e "amigos" despejavam sobre ela uma chuva de dinheiro e de valiosos presentes. Amealhou assim considerável fortuna. Chegou-se a dizer que ela "changeait de château comme de chapeau" - mudava de castelo como de chapéu.

Nada lhe faltava, pois, segundo os critérios humanos, para ser feliz: à sua disposição estavam todos os deleites, tanto os lícitos como os pecaminosos, que a então capital mundial do prazer podia proporcionar. E ela os sorvia a largos haustos.

A DOCILIDADE FAZ CRESCER O REINO DE DEUS, AFIRMA O PAPA

Resultado de imagem para papa casa santa marta

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) O Papa Francisco abriu sua homilia na Missa da Casa Santa Marta, na manhã desta ter-feira, lembrando que são Bem-aventurados aqueles que "caminham na Lei do Senhor".
Logo no início, Francisco mostrou que Lei não é somente para ser estudada, mas para se "caminhar nela", acrescentando ainda que a Lei "é para a vida, é para ajudar a fazer o Reino, a fazer a vida".

Hoje, afirmou Francisco, o Senhor "nos diz que também o Reino está em caminho".

A ORIGEM DO ROSÁRIO DE NOSSA SENHORA

Conheça a origem do Rosário de Nossa Senhora e a sua importância na história da Igreja Católica.

Até nossos dias, não há uma unanimidade a respeito da origem do Rosário de Nossa Senhora. Em primeiro lugar, a dificuldade está em definir a origem do Santo Rosário num momento exato da História da Igreja. Pois, da mesma forma que os livros que compõe as Sagradas Escrituras foram definidos num processo que levou séculos, o Rosário também demorou séculos para adquirir a forma que tem hoje.

Conheça a origem do Rosário de Nossa Senhora e a sua importância na história da Igreja Católica.O Mistério da Anunciação do Anjo a Virgem Maria

Na origem do Santo Rosário temos as disposições da Providência de Deus e, ao mesmo tempo, a ação de pessoas humanas, inspiradas pelo Espírito Santo. O Rosário nasce desse admirável intercâmbio entre Deus e a humanidade. Desse modo, a divina Providência dispôs da oração do Rosário conforme as necessidades de cada época na história da salvação dos homens.

PAPA PEDE PARA AMAR A ORAÇÃO DO ROSÁRIO PORQUE CONSOLA A MENTE E O CORAÇÃO

orandopapaterçoO site ACI Digital publicou hoje (26/10/2016) a seguinte notícia:

“Ao finalizar o mês de outubro, desejo recomendar a oração do Rosário”, disse o Papa Francisco ao concluir a Audiência Geral na manhã desta quarta-feira, na Praça de São Pedro.

Depois de pronunciar a catequese, o Santo Padre saudou os diferentes fiéis provenientes do mundo inteiro, aos quais falou sobre o rosário.

“Que esta simples oração mariana indique a vocês, queridos jovens, o caminho para interpretar a vontade de Deus em suas vidas. Amem esta oração, queridos enfermos, porque consola a mente e o coração. Que se torne para vocês, queridos recém-casados, um momento privilegiado de intimidade espiritual, em sua nova família”, assinalou.

Em seguida, Francisco recordou que outubro é o mês que rezamos à Mãe de Deus, especialmente, com o Santo Rosário:

“Irmãos e irmãs, está terminando o mês de outubro, dedicado à oração do Rosário, que é uma síntese da Divina Misericórdia. Nos mistérios do Rosário, contemplamos com Maria a vida de Jesus, que irradia a misericórdia do Pai. Alegremo-nos em seu amor e perdão, acolhamos os estrangeiros e necessitados, vivamos cada dia o seu Evangelho. Louvado seja Nosso Jesus Cristo”.

Fonte: Editora Cléofas

7 CONSELHOS PARA APERFEIÇOAR O HÁBITO DE REZAR O ROSÁRIO

Em poucos dias terminará o mês do Rosário, no qual muitos católicos redescobrem esta oração preferida da Virgem Maria, fortalecem sua vida espiritual e contam com graças especiais.

Por isso, a fim de continuar aperfeiçoando o hábito desta oração, contemplando Jesus através da Virgem Maria, apresentamos 7 conselhos práticos para aprofundar na oração do Rosário, tirados do livro “O Rosário: Teologia de joelhos”, do sacerdote, escritor e funcionário da Secretaria de Estado do Vaticano, Mons. Florian Kolfhaus:

1. Dedicar o tempo necessário para rezá-lo

Nossos calendários estão cheios de compromissos. Entretanto, é bom reservar de 20 a 30 minutos por dia para a oração do Santo Rosário. Este encontro com Jesus e Maria é muito mais importante que as demais atividades agendadas.

MARIA, ONIPOTÊNCIA SUPLICANTE

A nossa Consagração a Nossa Senhora começou no Calvário; foi Jesus mesmo quem nos deu essa graça, quando nos entregou a Sua Mãe para ser a nossa Mãe. Quando Jesus se dirige à Sua Mãe e lhe chama de “mulher”, em vez de chamá-la de mãe, em Cana da Galileia (Jo 2) e aos pés da Cruz (Jo 19,25-27), é para nos indicar qual é a “Mulher” a que Deus se referiu no Gênesis. Esta “Mulher” é Sua Mãe. Na cruz, momentos antes de morrer, Jesus nos deu Sua Mãe: “Mulher, eis aí teu filho” (Jo 19, 26). Precisamos dela para a nossa salvação dizem os Santos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

INFLUÊNCIA DA VORGEM MARIA NA VIDA DA IGREJA

1. Desejamos, antes de mais, deter-nos a considerar brevemente alguns aspectos significativos da personalidade de Maria, que oferecem a cada fiel indicações preciosas para acolher e realizar plenamente a própria vocação.

Maria precedeu-nos na via da fé: crendo na mensagem do anjo, ela é a primeira a acolher, e de modo perfeito, o mistério da Encarnação (cf. Redemptoris Mater, 13). O seu itinerário de crente inicia ainda antes do princípio da maternidade divina e desenvolve”se e aprofunda”se durante toda a sua experiência terrena. É audaz a sua fé, que na Anunciação crê no humanamente impossível e em Caná impele Jesus a realizar o primeiro milagre, provocando a manifestação dos seus poderes messiânicos (cf. Jo. 2,1″5).

O PODER DA ORAÇÃO

A oração opera maravilhas!

1.Como todas as obras sobrenaturais, é ela meritória e satisfatória. O que propriamente lhe pertence é a impetração. O homem ora e pede: Deus o ouve e atende a prece, não tanto em vista dos merecimentos que a criatura possa ter, porém, principalmente em virtude da Sua misericórdia e da mesma prece. A impetração corresponde à força da oração como tal e não ao mérito daquele que ora. E esse caráter particular, é o que mais cabalmente demonstra a excelência da oração e sua valia aos olhos de Deus.

2.E até onde vai o poder da impetração? Entende-se a todas as necessidades do homem sem excetuar nenhuma, não tendo outros limites que não os da onipotência e misericórdia divina. Assim no-lo afirma o Salvador: “Crede que obtereis tudo o que pedirdes” (Mt 21, 22; 7,7). “Pedi e recebereis” (Jo 14,13.)

Se, pois, Deus nada excetua, não nos cabe a nós fazer restrições. Por conseguinte, devemos pedir tudo o que razoavelmente desejarmos e que seja conforme a vontade divina, mormente os bens espirituais. A nossa confiança de obtê-los deve estar na razão da excelência e necessidades desses dons. Relativamente às vantagens temporais, importa proceder com alguma reserve. Talvez algumas delas não nos poderiam ser concedidas, senão por punição divina. A Sagrada Escritura prova magnificamente a eficácia da oração. Israel no deserto, Moisés, Josué, os grandes feitos dos juízes e dos Macabeus, os milagres de Jesus e os dos Apóstolos, em suma, toda a história da oração e de seus efeitos. É uma contínua e maravilhosa cadeia em que a prece humana e a humana miséria se entrelaçam com a misericórdia divina, o socorro de Deus.

SANTA MARIA, MÃE DE DEUS

“Donde me vem a dita que a Mãe de meu Senhor venha visitar-me?” (Lc 1,43)

O título “Théotokos” (Mãe de Deus) foi dado à Maria durante o Concílio de Éfeso (431), na Ásia Menor. A heresia de negar a maternidade divina de Nossa Senhora é muito anterior aos protestantes. Ela nasceu com Nestório, então Bispo de Constantinopla. Os protestantes retomaram esta heresia já sepultada pela Igreja de Cristo. Este é um problema de Cristologia e não de Mariologia. Vamos demonstrar através dos exemplos abaixo a autencidade da doutrina católica.

MARIA: VENCEDORA DE SATANÁS E DAS HERESIAS

Maria: Vencedora de Satanás e das heresias

Maria é a vitória de Deus sobre o Mal.

Desde os primórdios da humanidade Maria recebeu de Deus o poder e a missão de esmagar a cabeça da serpente maligna. Disse Deus a ela no paraíso:

“Porei inimizade entre ti e a mulher entre a tua descendência e a dela. Ela te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn 3,15).

Os Santos Padres afirmam que assim como o pecado entrou no mundo por meio da mulher, assim também a salvação haveria de chegar à humanidade pela mulher. E esta mulher, a nova Eva, a nova Virgem, desde toda a eternidade Deus escolheu que fosse Maria.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

A MEDITAÇÃO DE MARIA

“O meio mais seguro de conhecermos a vontade Deus é rezarmos à nossa boa mãe, Maria”. S. João Maria Vianney

O Concílio Vaticano II, na Lúmen Gentium, explica-nos bem como é a mediação de Nossa Senhora diante de Deus. Vejamos:

“A maternidade de Maria na dispensação da graça perdura ininterruptamente a partir do consentimento que ela fielmente prestou na Anunciação, que sob a Cruz ela resolutamente manteve e manterá até a perpétua consumação de todos os eleitos. Assumida aos céus, não abandonou esta salvífica função, mas por sua multíplice intercessão continua a granjear-nos os dons da salvação eterna. Por seu maternal amor cuida dos irmãos do seu Filho que ainda peregrinam rodeados de perigos e dificuldades, até que sejam conduzidos à feliz pátria”.

DEVOÇÃO DAS TRÊS AVES-MARIAS

O PODER, VALOR E SANTIDADE DO ROSÁRIO

Rosário de Maria
Uma Revelação da Virgem Santíssima ao Bem-aventurado Alano de la Roche

Através do Rosário, pecadores endurecidos de ambos os sexos se converteram e começaram a levar uma vida santa, lamentando seus pecados passados com verdadeiras lágrimas de contrição. Mesmo as crianças fizeram inacreditáveis penitências; a devoção ao meu FILHO e a mim espalhou-se tão completamente que parecia que os Anjos estivessem vivendo na Terra. A Fé estava vencendo, e muitos católicos desejaram dar seu sangue por isto, lutando contra os hereges. Assim, através dos sermões do meu querido Domingos e do poder do Rosário, as terras dos hereges voltaram ao domínio da Igreja. As pessoas costumavam dar esmolas generosas; hospitais e escolas foram construídos. As pessoas viviam uma vida moral e correta e faziam maravilhas para a glória de DEUS. A santidade e a espiritualidade floresciam; o clero era exemplar, os príncipes eram justos, as pessoas viviam em paz umas com as outras, a justiça e a equidade reinavam nas associações e nos lares.

O SANTO ROSÁRIO: O QUE É, ORIGENS E DEMAIS EXPLICAÇÕES

1) Que é o Rosário?

O Rosário é uma série de orações, acompanhadas de meditações em honra da Santíssima Virgem. Chama-se Rosário porque esta devoção é como uma coroa de rosas que se oferece a Maria. A oração principal do Rosário é a Ave Maria.

Nossa Senhora do Rosário

2) A quem devemos a instituição do Rosário?

Na sua forma atual, o Rosário tem por autor São Domingos[1], fundador da Ordem dos Padres Pregadores ou Dominicanos. Segundo vários documentos pontifícios, aquele santo teve para isso uma revelação particular de Maria, acerca do ano de 1206.

[1] O uso de honrar a Maria rezando repetidas vezes o Padre Nosso, a Ave Maria e o Gloria Patri, fora inaugurado no século V por Santa Brígida, Abadessa de um mosteiro de beneditinas, na Irlanda. Para facilitar tal prática, sujeitando a uma ordem invariável as orações que a compunham, Santa Brígida serviu-se de contas de diferentes tamanhos, enfiadas em forma de coroa. São Domingos, aperfeiçoando esse terço, sobre as indicações de Maria, formou o Rosário tal qual hoje existe.

No século XV, o uso do Rosário, tendo decaído pela desgraça dos tempos, Deus suscitou o B. Alain de la Roche, dominicano bretão, para restabelece-lo em todo seu brilho.

A VIRGEM MARIA E A FIGURA BIBLICA DA MULHER

A Santíssima Virgem Maria está presente na Bíblia desde o Antigo Testamento, na figura da Mulher, da excelsa Filha de Sião.

A Bíblia e a Tradição da Igreja, que juntas formam o único depósito da Revelação divina, mostram de modo cada vez mais evidente o papel da Santíssima Virgem Maria, Mãe de Jesus Cristo, na economia da salvação da humanidade. Hoje, sabemos que “os livros do Antigo Testamento descrevem a história da salvação na qual se vai preparando lentamente a vinda de Cristo ao mundo”[1].

A Santíssima Virgem Maria está presente na Bíblia desde o Antigo Testamento, na figura da Mulher, da excelsa Filha de Sião.O nascimento de Jesus Cristo, o Emanuel.

Os livros do Velho Testamento, lidos na Igreja e interpretados à luz da Tradição viva, evidenciam a figura de uma “Mulher”, a Mãe do Filho de Deus, especialmente naquele que é chamado de “Protoevangelho”: “Maria encontra-se já profeticamente delineada na promessa da vitória sobre a serpente (cf. Gn 3,15), feita aos primeiros pais caídos no pecado”[2].

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

“CARAE COROA” RELIGIOSO DO TERREMOTO DA ITÁLIA

O terremoto que assolou a Itália central no mês de agosto deixou diversas lições, nem sempre bem focalizadas na mídia e nas redes sociais.
Mais uma vez, a Providência fez sentir sua mão protetora sinalizando aos homens por onde passa a via da salvação: a mediação universal de Nossa Senhora, maternalmente extremosa nos momentos da maior dificuldade e dor.
Em Pescara del Tronto, uma das cidades mais devastadas pelo sismo, uma imagem da Virgem Maria permaneceu intacta em meio à destruição geral.
Logo depois da catástrofe, a imagem da Mãe de Deus foi encontrada íntegra entre os escombros.
Ela era cultuada habitualmente num nicho de cristal suspenso a dois metros de altura, voltado para a rua, como é frequente na Itália.
Ela ficou intacta, apesar da violência do abalo, e não é o primeiro caso registrado em terremotos, furacões e tsunamis no que vai do século XXI.

As tão repetidas e admiráveis circunstâncias não nos permitem duvidar da intervenção providencial nesses fatos.
Eles nos estimularam a criar uma página especial, aonde estamos recolhendo notícias sobre esses sinais milagrosos, esperançosos e fora do comum:
CLIQUE AQUI Imagens intactas nas catástrofes. Por quê?

Como estão sendo atendidos esses sinais de Nossa Senhora? Em um primeiro momento fala-se um pouco, e alguma foto, notícia ou testemunho viraliza.

A VIRGEM MARIA, O CORAÇÃO QUE AMA E REZA!

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria é o coração amoroso e orante da Santa Igreja.

A Santíssima Virgem Maria é este coração orante e amoroso, que não vemos, mas tudo move, e que se fez presente desde os inícios na Igreja. Antes do derramamento do Espírito Santo em Pentecostes, a Mãe da Igreja já estava presente, com os apóstolos e discípulos de Jesus Cristo: “Todos eles perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus” (At 1, 14).

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria é o coração amoroso e orante da Santa Igreja.

Nossa Senhora de Pentecostes

No Cenáculo em Jerusalém, a Virgem de Pentecostes perseverava em oração junto com a Igreja nascente, à espera da vinda do Espírito prometido por Cristo: “porque João batizou na água, mas vós sereis batizados no Espírito Santo daqui há poucos dias” (cf. At 1, 5). Esta presença orante e amorosa da Virgem Maria na Igreja primitiva nos ajuda a compreender como deve ser a nossa atitude na Igreja.

NOSSA SENHORA DETEVE O SOL PARA QUEO REI SÃO FERNANDO VENCESSE OS MUÇUMANOS

Pôr do sol em Tentudía. Cruz evocativa

Ao iniciar a campanha de Sevilha, em 1247, o Rei São Fernando III enviou mensagem ao Grão-mestre da Ordem de Santiago, D. Pelayo Correa, para que acertasse alguns assuntos próximo a Badajoz, e depois fosse a Sevilha.
Assim ele o fez, conquistando com seus monges-cavaleiros várias cidades pelo caminho.
Ao passar por Figueira da Serra, foi atacado por uma numerosa hoste de muçulmanos, muito superior à que tinha consigo.
Vendo que a batalha se prolongava, e que começava a anoitecer, D. Pelayo rezou à Virgem, suplicando-lhe que mantivesse a luz do dia: "Señora, ten tu día" ("Senhora, segurai o vosso dia").

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

MARIA, A PRIMEIRA DISCIPULA MISSIONÁRIA

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria foi a primeira discípula missionária.

A Santíssima Virgem Maria foi a primeira discípula missionária de Jesus Cristo. “Maria, mulher de fé, foi plenamente evangelizada, é a mais perfeita discípula e evangelizadora (cf. Jo 2, 1-12). Ela é o modelo de todos os discípulos e evangelizadores por seu testemunho de oração, de escuta da Palavra de Deus e de pronta e fiel disponibilidade ao serviço do Reino até a cruz”[1]. Em todos os continentes, a Virgem Maria permanece nos ensinando como levar a humanidade para Jesus. No continente latino-americano não poderia ser diferente. Aqui, Nossa Senhora é o selo distintivo da nossa cultura.

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria foi a primeira discípula missionária.Nossa Senhora de Guadalupe

Temos um bom exemplo disso no México, onde a figura materna de Nossa Senhora de Guadalupe foi decisiva para que os homens e mulheres da América Latina se reconhecessem em sua dignidade de filhos de Deus. “Mãe e educadora do nascente povo latino-americano, em Santa Maria de Guadalupe, através do Beato Juan Diego, ‘é oferecido um grande exemplo de evangelização perfeitamente inculturada’”[2]. A Santíssima Virgem precede-nos na peregrinação da fé e no caminho da glória, e acompanha a nós que nos dirigimos a ela com amor, até que nos encontremos definitivamente com seu Filho. “Por isso, a invocamos como Estrela da Primeira e da Nova Evangelização”[3].

A MEDITAÇÃO A PARTIR DE PEQUENOS PONTOS

Descubra como a meditação a partir de pequenos pontos pode nos ajudar a crescer na vida espiritual.

Nesta aula do curso “Ensina-nos a Orar”, Padre Paulo Ricardo nos explica como meditar a partir de pequenos. A tradição de meditar a partir de pequenos pontos já é uma prática consagrada na espiritualidade da Igreja Católica. Trata-se de um método muito simples, mas de riqueza e profundidade extraordinárias.

Descubra como a meditação a partir de pequenos pontos pode nos ajudar a crescer na vida espiritual. Santa Elisabete da Trindade

No início do curso, tratamos da leitura orante. Mas, a partir do momento que começamos realmente a progredir na meditação, aos poucos nos desprendemos dos livros e começamos a notar que podemos simplesmente pegar um ponto de meditação, ou seja, algo que é uma verdade. Então, meditamos sobre este ponto e vemos que aquilo consegue “plugar”, ou seja, conseguimos, de alguma forma, na fé, entrar em contato com aquela como uma verdade amorosa.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

O PODER DO SANTÍSSIMO NOME DE JESUS

Depois de ler, você vai querer invocá-lo todos os dias

jesus

Como nos diz o evangelista São Lucas: “Completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o Nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno” (Lc 2, 21).

Assim, o Santíssimo Nome de Jesus foi dado pelo céu; por isso tem poder. Santa Joana D’Arc morria na fogueira repetindo o nome de Jesus. O nome Jesus representa a Pessoa divina do Verbo encarnado.

“Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o Nome que está acima de todos os nomes, para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor” (Fil 2, 9-11).

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...