MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


sábado, 28 de fevereiro de 2015

O QUE A IGREJA ENSINA SOBRE JEJUAR E ABSTER-SE DE CARNE?

Uma resposta clara à dúvida de muitos católicos

Qual é o ensinamento da Igreja em relação a jejuar e abster-se de carne?

A abstinência e o jejum são formas de penitência interior. O Catecismo da Igreja Católica define penitência interior como sendo:
"Uma reorientação radical de toda a vida, um retorno, uma conversão para Deus de todo nosso coração, uma ruptura com o pecado, uma aversão ao mal e repugnância às mãs obras que cometemos. Ao mesmo tempo, é o desejo e a resolução de mudar de vida com a esperança da misericórdia divina e a confiança na ajuda de sua graça. Esta conversão do coração vem acompanhada de uma dor e de uma tristeza salutares chamadas pelos Padres de 'animi cruciatus' (aflição do espírito, "compunctio cordis" (arrependimento do coração)." (CIC 1431)

A MELHOR QUARESMA DE SUA VIDA

Sugestões práticas e simples para viver cada dia deste período tão especial das nossas vidas

Muitos dos nossos leitores nos enviaram dúvidas sobre a Quaresma, especialmente sobre as maneiras de se fazer jejum ou viver melhor este período tão importante para as nossas vidas.
Por isso, lhe oferecemos agora uma série de sugestões de propósitos diários de Quaresma: resoluções simples e práticas que podem ser vividas por todos no dia a dia. Você pode inclusive imprimir ou guardar esta lista de propósitos e carregar com você ao longo da Quaresma, como guia pessoal.
Aproveite esta oportunidade de se aproximar mais de Deus!
( ✔ ) 22/02, 1º Domingo de Quaresma: antes de dormir, peça a Deus que lhe ajude a terminar esta Quaresma um pouco mais perto d’Ele.

(   ) 23/02, segunda-feira: repita uma pequena oração ao longo do dia. Pode ser: “Senhor, tem misericórdia de mim” ou “Jesus, ajuda-me a conhecer-te e a fazer tua vontade”. Aproveite para usar suas próprias palavras também.

(   ) 24/02, terça-feira: faça uma lista das coisas pelas quais você está agradecido(a). Simples: anote em um papel 10 coisas pelas quais você é grato(a): família, talentos, amigos, conquistas etc.

(   ) 25/02, quarta-feira: reze uma Ave-Maria por aquela pessoa que chateou você hoje.

COMO NÃO PREGAR UM SERMÃO

Conselhos de um padre para os padres

A exortação apostólica "Evangelii Gaudium", do papa Francisco, nos traz várias dicas sobre como dar a homilia de domingo. As diretrizes sobre a pregação, da Congregação para o Culto Divino, analisam a natureza da homilia litúrgica. Juntamente com esses conselhos vindos diretamente da Santa Sé, eu gostaria, como veterano de 60 anos no mundo e 30 anos no púlpito, de oferecer as minhas próprias sugestões sobre como NÃO pregar uma homilia.


1. Faça com que tudo gire em torno de você.
Dê um sermão rigorosamente autobiográfico. Os fiéis vieram à missa com uma vontade incontrolável de saber tudo sobre as suas últimas férias. Não há necessidade alguma de falar daquela peculiar leitura sobre Abraão, Isaac e a faca.
Eu ouvi, recentemente, um sermão sobre as meias de um padre. O padre explicou o quanto é difícil manter juntos os pares de meias. Falou do seu sabão em pó preferido para lavar as meias e das vantagens de estendê-las no varal. Disse que, entre os padres, existe uma polêmica sobre o que é mais adequado: usar meias listradas ou totalmente pretas (essa foi nova para mim). Ficamos todos esperando por alguma relação entre as meias e a vida espiritual. Será que a meia perdida seria mais ou menos como a ovelha perdida na parábola do Bom Pastor? O mistério não foi desvendado. A homilia terminou com a revelação de que o padre às vezes acha difícil lavar a roupa.
Em outra ocasião, ouvi um sermão em que o pregador falava do ressentimento. O tema tinha a ver com o Evangelho, que tratava das disputas e ciúmes entre os apóstolos. Como aquecimento para o assunto, o pregador descreveu os próprios ressentimentos para com seu irmão (que era esportista e ganhava muitas medalhas), para com um professor da sexta série (que era muito crítico) e para com a sua querida mãe (que era um pouco distante dos filhos).
Caro padre, você não foi ordenado para contar a sua própria história. Você foi ordenado para proclamar outra Pessoa.

ORAÇÃO PARA REZAR NO TRABALHO

Está difícil aguentar as pressões e dificuldades do seu trabalho? Então esta oração é para você

Eu te agradeço, Senhor, porque posso trabalhar.
Abençoa as minhas tarefas e as dos meus colegas.
Dá-me a graça de conhecer-te através do meu trabalho de todos os dias.
Ajuda-me a ser um servidor incansável dos outros.
Ajuda-me a fazer do meu trabalho uma linda oração.
Ajuda-me a descobrir no trabalho uma possibilidade de construir um mundo melhor.
Mestre, como o único que pode saciar a sede de justiça, concede-me a graça de libertar-me de toda vaidade e o dom de ser humilde.
Eu te agradeço, Senhor, porque posso trabalhar, e te peço que tua providência se faça presente nas pessoas que não têm um emprego digno.
Não permitas que falte o sustento à minha família e que, em cada lar, haja sempre o necessário para viver com dignidade.
Amém.


 

Publicado originalmente por Oleada Joven

Fonte: Oleada Joven

Fonte: Aleteia

PARA VIVER A QUARESMA AGORA

Quem deixa as coisas para depois é porque não quer fazer nunca. Deus não pode ser deixado para depois.

cuaresma

O momento favorável é agora! Será que amanhã estaremos aqui? Sabemos que a morte encerra o nosso tempo de nos arrependermos dos pecados e encontrar Deus, para viver com ele. Não deixemos para depois.
A quaresma é um tempo em que Jesus nos convida a ir para o “deserto” com Ele, não o deserto de areia, mas o deserto do nosso coração, onde Deus habita desde o nosso batismo, mas que tantas vezes esquecemos. Esses quarenta dias tem um significado grande na Bíblia; significa “um tempo de prova” antes de uma grande “vitória”.

EVANGELHO DO DIA 28/02/2015

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: Beato Daniel Brottier, presbítero
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Mateus 5, 43-48

Primeira leitura: Deuteronômio 26, 16-19
Leitura do livro do Deuteronômio:

Moisés dirigiu a palavra ao povo de Israel e lhe disse: 16“Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma. 17Tu escolheste hoje o Senhor para ser teu Deus, para seguires os seus caminhos, e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedecerdes à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos. 19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou, e te tornará superior em honra e glória, a fim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse”.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 118 (119)

— Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo! Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo coração procura Deus!

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Os vossos mandamentos vós nos destes, para serem fielmente observados. Oxalá seja bem firme a minha vida em cumprir vossa vontade e vossa lei!
R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Quero louvar-vos com sincero coração, pois aprendi as vossas justas decisões. Quero guardar vossa vontade e vossa lei; Senhor, não me deixeis desamparado!

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5, 43-48

- Salve, ó Cristo, imagem do Pai, a plena verdade nos comunicai!
- Eis o tempo de conversão, eis o dia da salvação (2Cor 6, 2)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! 45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos. 46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.
— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por Santo Inácio de Antioquia (?-c. 110)
Bispo, mártir - Carta aos Efésios, 10-14


«Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem»

«Orai sem cessar» (1Tess 5,17) pelos outros homens. Podemos esperar que eles se arrependam e que venham até Deus. Mas pelo menos que o vosso exemplo lhes indique o caminho. À sua cólera oponde a vossa doçura; à sua arrogância, a vossa humildade; às suas blasfémias, as vossas orações; aos seus erros, a firmeza da vossa fé; à sua violência, a vossa serenidade, sem procurar fazer nada como eles. Mostremos-lhes pela nossa bondade que somos seus irmãos. Tentemos «imitar o Senhor» (1Tess 1,6); pois quem sofreu maiores injustiças do que Ele, que foi despojado e rejeitado? Que não se encontre entre vós a erva do diabo (cf Mt 13,25). Numa pureza e temperança perfeitas, permanecei em Jesus Cristo.

Eis que estão a chegar os últimos tempos. […] Só em Cristo entramos na verdadeira vida; fora dele, nada é válido! […] Nada ultrapassa a paz, que triunfa de todos os ataques infligidos pelos nossos inimigos, sejam eles celestes ou terrestres. […] Actualmente já não basta professarmos a fé; temos de mostrar até ao fim a força que ela nos dá.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

DEUS ARDE DE AMOR POR TI

Para mim é inconcebível que, tendo desejo de ser feliz, não busques a Jesus.

Depois de comungar O temos por inteiro, porque temos a Deus, que é nosso céu no desterro. Tu me dirás que não sentes nada dessa felicidade. Mas eu te pergunto: como te preparaste? Procuraste compenetrar-te da grandeza de Deus e do amor infinito que Ele te demonstra reduzindo-Se a hóstia? Quando comungares, reflete sobre o que vais fazer: um Ser eterno que não necessita de ti para nada, posto que é todo-poderoso, um Ser imenso que está em todo lugar, um Ser infinito e majestoso ante o qual os Anjos com sua pureza tremem, vem cheio de infinito amor por ti, pobre criatura carregada de pecados e misérias.

Entre tantas pessoas que existem no mundo, tu és honrada com a visita desse grande Rei. Mais ainda: para que te aproximes e O recebas, Ele abandona seu esplendor e, sob a forma de pão, o mais singelo dos alimentos, une-se a sua pobre criatura para fazer-Se um com ela. E Ele está ardendo de infinito amor, e ela permanece fria e indiferente, sem agradecer tão assinalado favor!

Carta de Santa Teresa de los Andes à sua prima Herminia Valdés Ossa, 22 de julho de 1919

Revista Arautos do Evangelho, Jan/2005, n.37, p. 2

Fonte: Arautos do Evangelho

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

QUANTO É CARA A DEUS A ALMA QUE SE LHE ENTREGA TODA

pray

Ego dileto meo, et ad me conversio eius — “Eu sou para o meu amado e Ele para mim se volta” (Cant. 7, 10).

Meu irmão, cuida em expulsar do teu coração tudo que não seja Deus, ou não conduza ao seu amor e consagra-te a Ele inteiramente e sem reserva. Não será justo por ventura que sejas todo daquele que se fez todo teu? Além disso lembra-te de que Jesus Cristo ama mais uma alma que inteiramente se Lhe consagra do que mil almas tíbias e imperfeitas. São as almas generosas e todas de Deus que estão destinadas a preencher o coro dos Serafins.

Deus ama todos aqueles que O amam (1). Muitos, porém, consagram-se a Deus, mas conservam ainda no coração alguma afeição às criaturas, a qual os impede de serem inteiramente de Deus. Ora, como é que Deus se quererá dar todo à alma que juntamente com Ele ama as criaturas? Com razão usará Deus de reserva para com a alma que se mostra reservada para com Ele. Ao contrário, Deus se dá todo às almas que expulsam do coração tudo que não seja Deus ou não conduza ao amor de Deus, e que, consagrando-se a Deus sem reserva, dizem com todas as veras: Deus meus et omnia – meu Deus e meu tudo.

DEZ AOS SOBRE A MORTE DA VIDENTE DE FÁTIMA, A ÚLTIMA DOS TRÊS PASTORINHOS- Última Parte

Ela guardava-as na cela?
Os superiores davam-lhe uma mala e ela ia colocando lá dentro. Todas essas malas foram guardadas pelos superiores. Mesmo assim, sempre que o conteúdo era mais sensível e podia pôr em causa o bom nome da pessoa que escrevia, ela destruía-as. Das que ela coligiu fomos recolhendo de toda a sua vida. Essas 11 mil dizem respeito a toda a sua vida. Ela guardava cópia de todas as comunicações, inclusive das cartas com o Papa.
Então, estamos a terminar a fase diocesana no processo. O que podemos esperar, se é que podemos, para 2017, ano do centenário?
Eu não gosto de dizer nada, porque há tantos fatores envolvidos diferentes que não podemos controlar, é difícil dizer alguma coisa.
Mas é possível que, em teoria, o decreto das virtudes heroicas esteja pronto em 2017?

EVANGELHO DO DIA 27/02/2015

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: São Gabriel da Virgem Dolorosa Possenti, religioso
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Mateus 5, 20-26

Primeira leitura: Ezequiel 18, 21-28
Leitura da profecia de Ezequiel:

Assim fala o Senhor: 21“Se o ímpio se arrepender de todos os pecados cometidos, e guardar todas as minhas leis, e praticar o direito e a justiça, viverá com certeza e não morrerá. 22Nenhum dos pecados que cometeu será lembrado contra ele. Viverá por causa da justiça que praticou. 23Será que tenho prazer na morte do ímpio? — oráculo do Senhor Deus. Não desejo, antes, que mude de conduta e viva? 24Mas, se o justo desviar de sua justiça e praticar o mal, imitando todas as práticas detestáveis feitas pelo ímpio, poderá fazer isso e viver? Da justiça que ele praticou, nada mais será lembrado. Por causa da infidelidade e do pecado que cometeu, por causa disso morrerá. 25Mas vós andais dizendo: ‘A conduta do Senhor não é correta’. Ouvi, vós da casa de Israel: É a minha conduta que não é correta, ou antes é a vossa conduta que não é correta?26Quando um justo se desvia da justiça, pratica o mal e morre, é por causa do mal praticado que ele morre.27Quando um ímpio se arrepende da maldade que praticou e observa o direito e a justiça, conserva a própria vida.28Arrependendo-se de todos os seus pecados, com certeza viverá; não morrerá”.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 129 (130)

— Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, escutai a minha voz! Vossos ouvidos estejam bem atentos ao clamor da minha prece!

R: Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?

— Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir? Mas em vós se encontra o perdão, eu vos temo e em vós espero.

R: Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?

— No Senhor ponho a minha esperança, espero em sua palavra. A minh’alma espera no Senhor, mais que o vigia pela aurora.

R: Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?

— Espere Israel pelo Senhor, mais que o vigia pela aurora! Pois no Senhor se encontra toda graça e copiosa redenção. Ele vem libertar a Israel de toda a sua culpa.

R: Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5, 20-26

- Salve, ó Cristo, imagem do Pai, a plena verdade nos comunicai!
- Lançai para bem longe toda a vossa iniquidade! Criai em vós um novo espírito e um novo coração! (Ez 18, 31)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 20“Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus. 21Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. 22Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; quem disser ao seu irmão: ‘Patife!’ será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de ‘tolo’ será condenado ao fogo do inferno. 23Portanto, quando tu estiveres levando a tua oferta para o altar, e ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24deixa a tua oferta ali diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. Só então vai apresentar a tua oferta. 25Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto caminha contigo para o tribunal. Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão. 26Em verdade eu te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.

— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por São João Crisóstomo (c. 345-407)
Presbítero de Antioquia, Bispo de Constantinopla, Doutor da Igreja
Homilias ao povo de Antioquia, XX, 5 e 6


«Vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão»

Eis o que te proclamo, o que te asseguro, o que te digo com voz tonitruante: Que quem tem inimigos não se aproxime da mesa sagrada nem receba o Corpo do Senhor! Que os que se aproximam não tenham inimigos! Tens algum inimigo? Não te aproximes! Se quiseres fazê-lo, vai primeiro reconciliar-te e depois receberás o sacramento.

Não sou eu que falo assim, é o Senhor quem o diz, Ele que foi crucificado por nós; Ele, para te reconciliar com seu Pai, não recusou ser imolado nem derramar o seu sangue; e tu, para te reconciliares com o teu irmão, nem queres dizer uma palavra e tomar a iniciativa de ir procurá-lo? Escuta o que diz o Senhor a propósito dos que fazem como tu: «Se fores, portanto, apresentar uma oferta sobre o altar e ali te recordares de que o teu irmão tem alguma coisa contra ti…» Ele não diz: «Espera que ele venha procurar-te ou que ele receba a visita de um dos teus amigos na qualidade de reconciliador», nem diz: «Envia-lhe alguém», mas: «Corre tu pessoalmente, vai ter com ele!» «Vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão.»

Incrível! Então se Deus não Se dá por desonrado de ver deixado de parte um dom que Lhe era destinado, havias tu de te considerar desonrado por dares o primeiro passo para te reconciliar com o teu irmão? Que desculpa tem semelhante conduta? Quando vês um dos teus membros cortado, não tentas por todos os meios juntá-lo ao resto do teu corpo? Faz também assim com os teus irmãos: logo que vejas que eles estão separados da tua amizade, vai depressa buscá-los, não esperes que eles sejam os primeiros a apresentar-se: apressa-te tu a tentar a reconciliação.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

LOURDES, O DOGMA E OS MILAGRES EM BREVE SINTESE

Em 1854 Pio IX definiu o dogma da Imaculada Conceição, o qual teve um alcance tremendo.
Primeiro, foi uma afirmação da monarquia papal, numa época em que todas as monarquias começavam a se desagregar.
Por quê? Porque o Papa não reuniu um Concílio para promulgar esse dogma; ele consultou os Bispos e depois promulgou o dogma em nome próprio, e não em nome dos bispos.
Segundo, definir Nossa Senhora como concebida sem pecado original era afirmar uma prodigiosa superioridade d’Ela sobre todos os homens, e, portanto, tomar uma posição muito anti-igualitária.
Terceiro, foi um dogma que enfureceu ainda mais os protestantes em relação à Igreja.
Os protestantes quase todos negam o culto a Nossa Senhora. Vendo a Igreja requintar esse culto, sua revolta tornou-se maior e evidentemente mais inexplicável.
Quarto, foi um tremendo esmagamento do demônio, pois para ele foi uma humilhação tremenda ver definida como dogma a superioridade de Nossa Senhora como Rainha concebida imaculada sem sombra de pecado.

DEZ AOS SOBRE A MORTE DA VIDENTE DE FÁTIMA, A ÚLTIMA DOS TRÊS PASTORINHOS- Parte III

Prova disso é que Lúcia faleceu há 10 anos e isso não significou diminuição de visitantes ou intenções, pelo contrário...
Eu creio que continua a aumentar, e até 2017 isso irá manter-se, e não é pela Lúcia. Ela rapidamente passou para um papel "secundário", ou seja, com um protagonismo ao estilo de Deus, escondido. Ela torna-se pequenina, silenciosa, escondida, e é assim que Deus faz as maravilhas. Deus escolhe o que é fraco aos olhos do mundo para confundir os fortes, e às vezes os pequenos para falar aos grandes. A Lúcia fica escondida no Carmelo e de lá, naquele silêncio, grita mais alto do que eu quando vou de microfone na mão a fazer conferências (risos).

EVANGELHO DO DIA 26/02/2015

Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: Beata Piedade da Cruz Ortiz Real, virgem
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Mateus 7, 7-12

Primeira leitura: Ester 4, 17
Leitura do livro de Ester:

Naqueles dias, 17na rainha Ester, temendo o perigo de morte que se aproximava, buscou refúgio no Senhor.17pProstrou-se por terra desde a manhã até o anoitecer, juntamente com suas servas, e disse: 17q“Deus de Abraão, Deus de Isaac e Deus de Jacó, tu és bendito. Vem em meu socorro, pois estou só e não tenho outro defensor fora de ti, Senhor, 17rpois eu mesma me expus ao perigo. 17aaSenhor, eu ouvi, dos livros de meus antepassados, que tu libertas, Senhor, até o fim, todos os que te são caros. 17bbAgora, pois, ajuda-me, a mim que estou sozinha e não tenho mais ninguém senão a ti, Senhor meu Deus.17ggVem, pois, em auxílio de minha orfandade. Põe em meus lábios um discurso atraente, quando eu estiver diante do leão, e muda o seu coração para que odeie aquele que nos ataca, para que este pereça com todos os seus cúmplices. 17hhE livra-nos da mão de nossos inimigos. Transforma nosso luto em alegria e nossas dores em bem-estar”.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 137 (138)

— Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante os vossos anjos vou cantar-vos e ante o vosso templo vou prostrar-me.
R: Naquele dia em que gritei, vós me escutastes, ó Senhor!

— Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes e aumentastes o vigor da minha alma.

R: Naquele dia em que gritei, vós me escutastes, ó Senhor!

— Estendereis o vosso braço em meu auxílio e havereis de me salvar com vossa destra. Completai em mim a obra começada; ó Senhor, vossa bondade é para sempre! Eu vos peço: não deixeis inacabada esta obra que fizeram vossas mãos!

R: Naquele dia em que gritei, vós me escutastes, ó Senhor!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7, 7-12

- Salve, ó Cristo, imagem do Pai, a plena verdade nos comunicai!
- Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo a alegria de ser salvo! (Sl 50, 12.14)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Pedi e vos será dado! Procurai e achareis! Batei e a porta vos será aberta! 8Pois todo aquele que pede recebe; quem procura encontra; e a quem bate a porta será aberta. 9Quem de vós dá ao filho uma pedra, quando ele pede um pão? 10Ou lhe dá uma cobra, quando ele pede um peixe?11Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará coisas boas aos que lhe pedirem! 12Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas”.

— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por Homilia atribuída a São Macário (?-390)
Monge do Egipto - Homilias espirituais n° 30, 3-4


«Pedi, procurai, batei»

Esforça-te por agradar ao Senhor, espera-O interiormente sem lassidão, procura-O por meio dos teus pensamentos, violenta a tua vontade e as tuas decisões, obriga-as a tender continuamente para Ele. E verás como Ele Se aproxima de ti e em ti estabelece a sua morada (cf Jo 14,23). […] Lá está Ele, observando o teu raciocínio, os teus pensamentos, as tuas reflexões, analisando como O procuras, se é com toda a tua alma, se com moleza e negligência. E quando Ele vir que O procuras com ardor, manifestar-Se-á a ti e aparecer-te-á, virá em teu socorro, dar-te-á a vitória e livrar-te-á dos teus inimigos. Com efeito, quando vir a maneira como O procuras, como colocas continuamente toda a tua esperança nele, instruir-te-á, ensinar-te-á a verdadeira oração, dar-te-á a caridade verdadeira que é Ele mesmo. Então, Ele tornar-Se-á tudo para ti: paraíso, árvore de vida, pérola preciosa, coroa, arquitecto, agricultor, um ser submetido ao sofrimento mas que não é atingido pelo sofrimento, homem, Deus, vinho, água viva, cordeiro, esposo, combatente, armadura, Cristo «tudo em todos» (1Cor 15,28).

Tal como uma criança não se pode alimentar a si própria nem cuidar de si mesma, e pode somente olhar para sua mãe, chorando, até que ela seja tocada pela compaixão e trate dela, assim as almas crentes esperam sempre em Cristo e atribuem-Lhe toda a justiça. Como o sarmento seca se for separado da vinha (cf Jo 15,6), assim acontece a quem quer ser justo sem Cristo. E tal como «quem não entra pela porta do redil das ovelhas, mas sobe por outro lado, é ladrão e salteador» (Jo 10,1), assim é quem quer ser justo sem Aquele que justifica.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

DEZ AOS SOBRE A MORTE DA VIDENTE DE FÁTIMA, A ÚLTIMA DOS TRÊS PASTORINHOS- Parte II

A vida longa da Ir. Lúcia acaba por ser uma pedra basilar no espalhar da Mensagem de Fátima pelo mundo inteiro. As cartas, os encontros, fortalecem e espalham a mensagem...
Bom, eu aí tenho de responder Sim e não (risos). A dada altura, a Santa Sé pede à Lúcia que não fale muito da Mensagem de Fátima, e ela obedece. Por isso, acho que muitas destas conversas não foram bem sobre a Mensagem de Fátima. Ela não regista o que fala, só com quem se encontra e que reza pelas suas intenções. Essas indicações serviram até para a proteger, porque ela foi constantemente invadida por jornalistas, por curiosos, gente com boa intenção e com má intenção.
Por outro lado, acho que ela difundiu a mensagem de Fátima pela sua fidelidade escondida, pela sua oração, pelo seu sacrifício, e isto sim, é espalhar Fátima, por aqueles modos que parecem pequenos, ineficazes, mas nós já sabemos que o nosso Deus é assim: transforma algo pequeno, que aos olhos do mundo não é nada, em algo eficaz.
A revelação dos segredos de Fátima tornou-se, para muitos, a essência de Fátima. Para outros, eram meros "atestados de credibilidade" para aquilo que foi logo dito na altura, que era o mais importante. Lúcia foi sempre clara nesta distinção?

EVANGELHO DO DIA 25/02/2015

Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: Beato Domingos Lentini, presbítero
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Lucas 11, 29-32

Primeira leitura: Jonas 3, 1-10
Leitura da profecia de Jonas:

1A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas, pela segunda vez: 2“Levanta-te e põe-te a caminho da grande cidade de Nínive e anuncia-lhe a mensagem que eu te vou confiar”. 3Jonas pôs-se a caminho da grande cidade de Nínive, conforme a ordem do Senhor. Ora, Nínive era uma cidade muito grande; eram necessários três dias para ser atravessada. 4Jonas entrou na cidade, percorrendo o caminho de um dia; pregava ao povo, dizendo: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída”. 5Os ninivitas acreditaram em Deus; aceitaram fazer jejum, e vestiram sacos, desde o superior ao inferior. 6A pregação chegara aos ouvidos do rei de Nínive; ele levantou-se do trono e pôs de lado o manto real, vestiu-se de saco e sentou-se em cima de cinza. 7Em seguida, fez proclamar, em Nínive, como decreto do rei e dos príncipes: “Homens e animais bovinos e ovinos não provarão nada! Não comerão e não beberão água. 8Homens e animais se cobrirão de sacos, e os homens rezarão a Deus com força; cada um deve afastar-se do mau caminho e de suas práticas perversas. 9Deus talvez volte atrás, para perdoar-nos e aplacar sua ira, e assim não venhamos a perecer”. 10Vendo Deus as suas obras de conversão e que os ninivitas se afastavam do mau caminho, compadeceu-se e suspendeu o mal, que tinha ameaçado fazer-lhes, e não o fez.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 50 (51)

— Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai completamente a minha culpa!

R: Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

— Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

R: Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

— Pois não são de vosso agrado os sacrifícios, e, se oferto um holocausto, o rejeitais. Meu sacrifício é minha alma penitente, não desprezeis um coração arrependido!

R: Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11, 29-32

- Jesus Cristo, sois bendito, sois o ungido de Deus Pai!
- Voltai ao Senhor, vosso Deus, ele é bom, compassivo e clemente! (Jl 2, 12s)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo, 29quando as multidões se reuniram em grande quantidade, Jesus começou a dizer: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas. 30Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. 31No dia do julgamento, a rainha do Sul se levantará juntamente com os homens desta geração, e os condenará. Porque ela veio de uma terra distante para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior que Salomão. 32No dia do julgamento, os ninivitas se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão. Porque eles se converteram quando ouviram a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.

— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por São Clemente de Alexandria (150-c. 215), teólogo
«Protréptico», cap. 10


«Fizeram penitência ao ouvir a pregação de Jonas; ora, aqui está quem é maior do que Jonas»

Arrependamo-nos; convertamo-nos da ignorância ao verdadeiro conhecimento, da loucura à sabedoria, da injustiça à justiça, da impiedade a Deus. São numerosos os bens que daí derivam, como diz o próprio Deus em Isaías: «Esta é a herança dos servos do Senhor» (54,17). Não é ouro nem prata, nem o que os vermes corroem, nem o que roubam os ladrões (Mt 6,19), mas o inestimável tesouro da salvação. […] É esta herança que nos põe nas mãos o testamento eterno pelo qual Deus nos assegura os seus dons. Este Pai que nos ama com tanta ternura exorta-nos, educa-nos, ama-nos e salva-nos incessantemente. «Sede justos», diz o Senhor. «Todos vós que tendes sede, vinde beber desta água. Mesmo os que não tendes dinheiro, vinde, comprai trigo para comer sem pagar nada. Levai vinho e leite, que é de graça» (Is 55,1). Ele convida-nos ao banho que purifica, à salvação, à iluminação […]. Os santos do Senhor herdarão a glória de Deus e o seu poder, «que os olhos não viram, os ouvidos não ouviram, o coração do homem não pressentiu» (1Cor 2,9) […].

Tendes esta promessa divina da graça, e por outro lado ouvistes as ameaças do castigo: são as duas vias pelas quais o Senhor salva […]. Porque tardamos? Porque não acolhemos o seu dom, escolhendo o melhor? […] «Repara que coloco hoje diante de ti a vida e o bem, a morte e o mal» (Dt 30, 15). O Senhor tenta fazer-te escolher a vida; aconselha-te como um pai […].

De quem dirá o Senhor: «deles é o Reino do Céu» (Mt 5,3)? É vosso, se o desejardes, quando tiverdes escolhido a Deus. É vosso, se quiserdes acreditar e seguir o essencial da mensagem, como os ninivitas que escutaram a mensagem do profeta e obtiveram, graças ao seu arrependimento sincero, a salvação, em vez da ruína que os ameaçava.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

VINDA DO DIVINO JUIZ E EXAME NO JUIZO FINAL

juizo-finalVidebunt Filium hominis venientem in nubibus coeli, cum virtute multa et maiestate — “Eles verão o Filho do homem, que virá sobre as nuvens do céu com grande poder e majestade”(Mt.  24, 30).

Sumário. Eis que se abrem os céus e os anjos vêm assistir ao juízo trazendo as insígnias da Paixão de Jesus Cristo, e especialmente a Cruz. Vêm depois os santos apóstolos e todos os seus imitadores; vem a Rainha dos Santos, Maria Santíssima, e por fim o eterno Juiz mesmo, que, sentado num trono de majestade e de luz, procederá ao exame. Reflitamos aqui: O que será de nós nesse dia? Que desculpas poderemos alegar, se por ventura formos condenados?

DEZ AOS SOBRE A MORTE DA VIDENTE DE FÁTIMA, A ÚLTIMA DOS TRÊS PASTORINHOS- Parte I

Ir. Lúcia «nunca esqueceu que era um instrumento nas mãos de Deus»

Passam dez anos sobre a morte da Vidente de Fátima, a última dos três pastorinhos. Razão para a conversa com a Ir. Ângela Coelho, vice-postuladora da causa da canonização da Ir. Lúcia de Jesus. Uma conversa longa, mas entusiasmante, com uma das maiores conhecedoras da figura da Ir. Lúcia e da sua importância na história de Fátima e do mundo.
Dez anos depois, qual é o legado que a Ir. Lúcia deixa?
Deixa vários. Aquele que mais me surpreende, agora que contacto mais com ela na intimidade dos seus escritos, é uma mulher profundamente fiel a Deus tantos anos, e à missão que Deus lhe deixou, que foi difundir os pedidos de Nossa Senhora em Fátima, nunca baixar os braços até que ela achasse que os pedidos de Nossa Senhora foram cumpridos, de acordo com a vontade do Céu. Esta fidelidade numa vida cheia de peripécias e dificuldades, muita coisa que foi acontecendo, por vezes sem ela querer. Esta fidelidade, para nós, consagrados, que vivemos este Ano da Vida Consagrada, é isso mesmo: um modelo de fidelidade à vocação. Outro legado é a sua santidade muito particular. Não há dúvida que a Ir. Lúcia é uma Carmelita, e é no Carmelo que vai desenvolvendo os últimos traços da sua espiritualidade. Mas também toda a gente sabe que a espiritualidade que ela vive no Carmelo foi a que foi deixada pela Mensagem de Fátima. À medida que vamos lendo os seus escritos, mesmo os últimos que publicou, vamos vendo uma mulher profundamente trinitária. Uma visão correta da Mensagem de Fátima, que, por Maria, somos conduzidos ao centro do mistério cristão, que é a Santíssima Trindade, e do nosso deus que se faz presente em Jesus Cristo.

RAINHA E SENHORA DOS ANJOS

Nossa Senhora do Imaculado Coração..jpg

Maria foi como o centro de todas as graças e belezas que Deus havia distribuído aos Anjos, aos Santos e a todas as criaturas. Maria havia de ser a Rainha e Senhora dos Anjos e dos Santos, e por isso mesmo deveria ter mais graças que todos eles, já no primeiro instante de seu ser. Maria havia de ser Mãe do próprio Deus. É um princípio de filosofia que entre a forma e as disposições da matéria deve existir certa proporção: a dignidade de Mãe de Deus é aqui como a forma, e o coração de Maria é a matéria que há de receber esta forma. Ó, que cúmulo de graças, virtudes e outras disposições se reúnem naquele santíssimo e puríssimo coração!... (Santo Antônio Maria Claret)

EVANGELHO DO DIA 24/02/2015

Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: Santo Etelberto de Kent, rei
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Mateus 6, 7-15

Primeira leitura: Isaías 55, 10-11
Leitura do livro do profeta Isaías:

Isto diz o Senhor: 10Assim como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam mais, mas vêm irrigar e fecundar a terra, e fazê-la germinar e dar semente, para o plantio e para a alimentação, 11assim a palavra que sair de minha boca, não voltará para mim vazia; antes, realizará tudo que for de minha vontade e produzirá os efeitos que pretendi, ao enviá-la.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 33 (34)

— Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.

R: O Senhor liberta os justos de todas as angústias.

— Contemplai a sua face e alegrai-vos, e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda a angústia.

R: O Senhor liberta os justos de todas as angústias.

— O Senhor pousa seus olhos sobre os justos, e seu ouvido está atento ao seu chamado; mas ele volta a sua face contra os maus, para da terra apagar sua lembrança.

R: O Senhor liberta os justos de todas as angústias.
— Clamam os justos, e o Senhor bondoso escuta e de todas as angústias os liberta. Do coração atribulado ele está perto e conforta os de espírito abatido.

R: O Senhor liberta os justos de todas as angústias.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 6, 7-15

- Glória a Cristo, palavra eterna do Pai, que é amor!
- O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus (Mt 4, 4)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7“Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. 8Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. 9Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. 11O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. 12Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, 13e não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. 14De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. 15Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes”.
— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por Beata Teresa de Calcutá (1910-1997)
Fundadora das Irmãs Missionárias da Caridade
«No Greater Love»


A oração dos filhos de Deus

Para ser fecunda, a oração deve vir do coração e poder tocar o coração de Deus. Vê como Jesus ensinou os seus discípulos a rezar. Cada vez que pronunciamos o «Pai Nosso», Deus, creio, põe o olhar nas suas próprias mãos, onde nos gravou: «Eis que Eu gravei a tua imagem na palma das minhas mãos» (Is 49, 16). Ele contempla as mãos e vê-nos nelas, bem aninhados. A bondade de Deus é maravilhosa!

Peçamos, rezemos o «Pai Nosso». Vivamo-lo, e seremos santos. Está tudo nessa oração: Deus, eu próprio, o meu próximo. Se eu perdoar, poderei ser santo, poderei rezar. Tudo procede de um coração humilde; com tal coração, saberemos amar a Deus, amar-nos a nós mesmos e amar o nosso próximo (Mt 22,37ss). Não há nada de complicado nisto, e no entanto nós complicamos tanto a nossa vida, agravando-a com tantos fardos. Só uma coisa conta: ser humilde e rezar. Quanto mais rezardes, melhor rezareis.

As crianças não têm dificuldade alguma em exprimir a sua inteligência cândida em termos simples que muito dizem. Não disse Jesus a Nicodemos que temos de voltar a ser como crianças pequenas (Jo 3,3)? Se rezarmos segundo o Evangelho, permitiremos que Cristo cresça em nós. Reza portanto com amor, à maneira das crianças, com o desejo ardente de muito amar, e de tornar amado aquele que não o é.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

PRIMADO E INFABILIDADE DE PEDRO

A infalibilidade pontifícia e o primado de jurisdição do Pontífice, necessariamente unidos, devem ser, para todo católico, alvo de um amor preferencial. Mas
como fundamentá-los na Escritura, na Tradição e na História?

"Eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mt 16, 18).

Nos últimos cem anos, poucas passagens do Evangelho têm sido objeto de discussões tão veementes e apaixonadas, pois, segundo alegam alguns, a formulação atual não corresponderia ao original escrito por Marcos, mas tratar-se-ia de um texto manipulado por volta do ano 130 com vistas a justificar o primado de Pedro e seus sucessores sobre seus irmãos no episcopado.

Entretanto, durante séculos ninguém pusera em dúvida a autenticidade dessa passagem. Foi preciso aguardar a infiltração do racionalismo na exegese bíblica no século XIX e o historicismo protestante do século XX, para começarem as tentativas de desqualificá-la.

 

Argumentos bíblicos em favor do primado de Pedro

Sob o ponto de vista documental, a tese da suposta manipulação desse versículo não se sustenta. Os textos mais antigos que reproduzem a passagem em questão não apresentam nenhum vestígio de adulteração: nem o Diatessaron (concordância dos quatro Evangelhos) de Taciano, de meados do segundo século, nem os escritos dos Padres da Igreja anteriores ao século IV e nem os 4 mil códices dos oito primeiros séculos que hoje se conhecem.

EVANGELHO DO DIA 23/02/2015

Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: São Policarpo, Bispo e mártir; Beato Luís Mzyk, presbítero e mártir
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Mateus 25, 31-46

Primeira leitura: Levítico 19, 1-2.11-18
Leitura do livro do Levítico:

1O Senhor falou a Moisés, dizendo: 2“Fala a toda a Comunidade dos filhos de Israel, e dize-lhes: Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo. Não furteis, não digais mentiras, nem vos enganeis uns aos outros. 12Não jureis falso por meu nome, profanando o nome do Senhor teu Deus. Eu sou o Senhor. 13Não explores o teu próximo nem pratiques extorsão contra ele. Não retenhas contigo a diária do assalariado até o dia seguinte. 14Não amaldiçoes o surdo, nem ponhas tropeço diante do cego, mas temerás o teu Deus. Eu sou o Senhor. 15Não cometas injustiças no exercício da justiça; não favoreças o pobre nem prestigieis o poderoso. Julga teu próximo conforme a justiça. 16Não sejas um maldizente entre o teu povo. Não conspires, caluniando-o, contra a vida do teu próximo. Eu sou o Senhor. 17Não tenhas no coração ódio contra teu irmão. Repreende o teu próximo, para não te tornares culpado de pecado por causa dele. 18Não procures vingança, nem guardes rancor aos teus compatriotas. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor”.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 18 (19)

— A lei do Senhor Deus é perfeita, conforto para a alma! O testemunho do Senhor é fiel, sabedoria dos humildes.

R: Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!

— Os preceitos do Senhor são precisos, alegria ao coração. O mandamento do Senhor é brilhante, para os olhos é uma luz.

R: Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!

— É puro o temor do Senhor, imutável para sempre. Os julgamentos do Senhor são corretos e justos igualmente.

R: Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!

— Que vos agrade o cantar dos meus lábios e a voz da minha alma; que ela chegue até vós, ó Senhor, meu Rochedo e Redentor!

R: Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 25, 31-46

- Salve, Cristo, Luz da vida, companheiro na partilha!
- Eis o tempo de conversão; eis o dia da salvação (2Cor 6, 2)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 31“Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. 32Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. 33E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. 34Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! 35Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; 36eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. 37Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? 38Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos?39Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’ 40Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’ 41Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. 42Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; 43eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar’. 44E responderão também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’ 45Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’ 46Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.

— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por São Gregório de Nazianzo (330-390)
Bispo, Doutor da Igreja
Sermão 14, sobre o amor aos pobres, 27, 28, 39-40; PG 35, 891ss (cf bréviaire, trad. parcial)


«A Mim mesmo o fizestes»

Pensas que a caridade é facultativa? Que não se trata de uma lei, mas de um simples conselho? Bem gostaria que fosse assim. Mas assusta-me o lado esquerdo de Deus, esse lado para onde Ele mandou os cabritos, aos quais não censurou o facto de terem roubado, pilhado, cometido adultérios ou perpetrado outros delitos deste tipo, mas o facto de não terem honrado a Cristo na pessoa dos seus pobres.

Por isso, se me julgais dignos de alguma atenção, servos de Cristo, seus irmãos e co-herdeiros, visitemos a Cristo, alimentemos a Cristo, tratemos as feridas de Cristo, honremos a Cristo, não só sentando-O à nossa mesa como Simão, não só ungindo-O com perfumes como Maria, não só dando-Lhe sepulcro como José de Arimateia, não só provendo o necessário para a sua sepultura como Nicodemos, não só, finalmente, oferecendo-Lhe ouro, incenso e mirra como os magos.

Mas, uma vez que o Senhor do universo prefere a misericórdia ao sacrifício (cf Mt 9,13), uma vez que a compaixão tem muitos mais valor que a gordura de milhares de cordeiros, ofereçamos a misericórdia e a compaixão na pessoa dos pobres que hoje na terra são humilhados, de modo que, ao sairmos deste mundo, sejamos recebidos nas moradas eternas (cf Lc 16,9) pelo mesmo Cristo, Nosso Senhor, a quem seja dada glória pelos séculos dos séculos.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

SANTO SUDÁRIO DE OVIEDO E SANTO SUDÁRIO DE TURIM

Santo_Sudario_01O site da Gaudim Press publicou hoje, 12 de fevereiro de 2015, uma notícia importantíssima sobre os Sudários que envolveram o corpo de Jesus Cristo, o de Turim (que envolveu todo o corpo de Cristo) e o de Oviedo na Espanha (que envolveu apenas a cabeça).
O Sudário de Oviedo é um dos maiores tesouros da Igreja na Espanha. Segundo a tradição, neste pano ficou gravado um rosto masculino com marcas correspondentes àquelas registradas no relato da Paixão de Jesus Cristo, é a mesma que envolveu a cabeça de Jesus de acordo com a tradição da época, e narrado por São João em seu Evangelho: “Viu também o sudário que estivera sobre a cabeça de Jesus. Não estava, porém com os panos, mas enrolado num lugar a parte” (Jo 20,7).

A MISSÃO DE SANTA TERESINHA…

Em vésperas da morte, exclamou Santa Teresinha toda cheia de alegria celeste: “Sinto que é chegada a hora de desempenhar a minha missão.

– A Missão de fazer amar a Nosso Senhor como eu o amo… de dar a conhecer a minha veredazinha às almas… Quero passar o meu Céu a fazer o bem na Terra”.

A Missão providencial de Santa Teresinha é:

I. Dar a conhecer a sua Veredazinha, ou a via da Infância Espiritual, e passar o Céu fazendo o Bem na Terra.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

EVANGELHO DO DIA 22/02/2015

Domingo, 22 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: Festa da Cátedra de São Pedro Apóstolo; Beata Isabel de França, virgem
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Marcos 1, 12-15

Primeira leitura: Gênesis 9, 8-15
Leitura do livro do Gênesis:

8Disse Deus a Noé e a seus filhos: 9“Eis que vou estabelecer minha aliança convosco e com vossa descendência,10com todos os seres vivos que estão convosco: aves, animais domésticos e selvagens, enfim, com todos os animais da terra, que saíram convosco da arca. 11Estabeleço convosco a minha aliança: nunca mais nenhuma criatura será exterminada pelas águas do dilúvio, e não haverá mais dilúvio para devastar a terra”. 12E Deus disse: “Este é o sinal da aliança que coloco entre mim e vós, e todos os seres vivos que estão convosco, por todas as gerações futuras: 13ponho meu arco nas nuvens como sinal de aliança entre mim e a terra. 14Quando eu reunir as nuvens sobre a terra, aparecerá meu arco nas nuvens. 15Então eu me lembrarei de minha aliança convosco e com todas as espécies de seres vivos. E não tornará mais a haver dilúvio que faça perecer nas suas águas toda criatura”.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 24 (25)

— Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, e fazei-me conhecer a vossa estrada! Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação.
R: Verdade e amor, são os caminhos do Senhor.

— Recordai, Senhor meu Deus, vossa ternura e a vossa compaixão que são eternas! De mim lembrai-vos, porque sois misericórdia, e sois bondade sem limites, ó Senhor!

R: Verdade e amor, são os caminhos do Senhor.

— O Senhor é piedade e retidão, e reconduz ao bom caminho os pecadores. Ele dirige os humildes na justiça, e aos pobres ele ensina o seu caminho.

R: Verdade e amor, são os caminhos do Senhor.

Segunda leitura: São Pedro 3, 18-22
Leitura da primeira carta de São Pedro:

Caríssimos: 18Cristo morreu, uma vez por todas, por causa dos pecados, o justo pelos injustos, a fim de nos conduzir a Deus. Sofreu a morte, na sua existência humana, mas recebeu nova vida pelo Espírito. 19No Espírito, ele foi também pregar aos espíritos na prisão, 20a saber, aos que foram desobedientes antigamente, quando Deus usava de longanimidade, nos dias em que Noé construía a arca. Nesta arca, umas poucas pessoas —oito — foram salvas por meio da água. 21À arca corresponde o batismo, que hoje é a vossa salvação. Pois o batismo não serve para limpar o corpo da imundície, mas é um pedido a Deus para obter uma boa consciência, em virtude da ressurreição de Jesus Cristo. 22Ele subiu ao céu e está à direita de Deus, submetendo-se a ele anjos, dominações e potestades.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 1, 12-15

- Louvor e glória a ti, Senhor, Cristo, palavra de Deus.
- O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus (Mt 4, 4)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:

Naquele tempo, 12o Espírito levou Jesus para o deserto. 13E ele ficou no deserto durante quarenta dias, e aí foi tentado por Satanás. Vivia entre animais selvagens, e os anjos o serviam. 14Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galileia, pregando o Evangelho de Deus e dizendo: 15“O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho!”
— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por São Gregório de Nazianzo (330-390)
Bispo, Doutor da Igreja
Sermão XL, 10


A tentação depois do baptismo

Se, depois o baptismo, fores atacado pelo perseguidor, o tentador da luz, tens material para a vitória. Ele irá certamente atacar-te, já que também atacou o Verbo, o meu Deus, enganado pela aparência humana que lhe escondia a luz incriada. Não tenhas medo do combate. Opõe-lhe a água do baptismo, opõe-lhe o Espírito Santo no qual se extinguem todos os dardos inflamados lançados pelo maligno. […]

Se ele te mostrar as necessidades que te oprimem – e não deixou de o fazer com Jesus –, se te lembrar que tens fome, não dês a entender que ignoras as suas propostas. Ensina-lhe o que ele não sabe; opõe-lhe a Palavra de vida, esse verdadeiro Pão enviado do céu e que dá a vida ao mundo.

Se ele te estender a armadilha da vaidade – e usou-a contra Cristo, quando O levou ao pináculo do Templo e Lhe disse: «Deita-Te daqui abaixo», para O fazer manifestar a sua divindade –, toma cuidado para não caíres por teres querido elevar-te. […]

Se te tentar pela ambição, mostrando-te, numa visão instantânea, todos os reinos da terra submetidos ao seu poder, e te exigir que o adores, despreza-o: ele não é mais que um pobre irmão teu. E diz-lhe, confiando no selo divino: «Também eu sou imagem de Deus; ainda não fui, como tu, precipitado do alto da minha glória por causa do meu orgulho! Estou revestido de Cristo; tornei-me outro Cristo pelo meu baptismo; cabe-te a ti adorares-me.» Tenho a certeza que ele se irá embora, vencido e humilhado por estas palavras. Vindas de um homem iluminado por Cristo, serão sentidas por ele como se emanadas de Cristo, a luz suprema. Estes são os benefícios que a água do baptismo traz aos que reconhecem a sua força.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

O SANTO SUDÁRIO E A SAGRADA FACE

 

Sobre o Santo Sudário e a Devoção a Sagrada Face

sábado, 21 de fevereiro de 2015

PAPA FRANCISCO: Reformador ou renovador?

A falsa narrativa da imprensa laica só enxerga o que quer

Ao mesmo tempo em que se prepara o segundo consistório convocado pelo papa Francisco, no qual serão criados novos cardeais, vai sendo realizada uma série de reuniões entre o papa e os outros cardeais de todo o mundo. Francisco também está mantendo reuniões com o conselho de nove cardeais que o ajudam nos esforços de reforma. Nesta semana, reúnem-se ainda os membros do novo conselho criado para aplicar estratégias mais rigorosas e mais simples para acabar com o abuso contra menores. E continuam, paralelamente, as reuniões da equipe responsável por reformar as finanças do Vaticano.
Francisco é saudado como um "papa reformista" e, certamente, ele demonstra a intenção de levar a cabo os planos iniciados pelo papa emérito Bento XVI. No entanto, quando lemos a história da Igreja nos últimos cem anos, vemos que cada papa liderou a Igreja durante algum período intenso de autoexame e reforma; a partir do pontificado de São João XXIII, aliás, parece que a Igreja católica não fez outra coisa além de reformar-se. Será que é mesmo correto, então, chamar Francisco de "papa reformista"?

EVANGELHO DO DIA 21/02/2015

Sábado, 21 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: São Pedro Damião, Bispo e Doutor da Igreja; Beata Maria Henriqueta Dominici, virgem
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Lucas 5, 27-32

Primeira leitura: Isaías 58, 9-14
Leitura do livro do profeta Isaías:

Assim fala o Senhor, 9bse destruíres teus instrumentos de opressão, e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa; 10se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia. 11O Senhor te conduzirá sempre e saciará tua sede na aridez da vida, e renovará o vigor do teu corpo; serás como um jardim bem regado, como uma fonte de águas que jamais secarão. 12Teu povo reconstruirá as ruínas antigas; tu levantarás os fundamentos das gerações passadas: serás chamado reconstrutor de ruínas, restaurador de caminhos, nas terras a povoar. 13Se não puseres o pé fora de casa no sábado, nem tratares de negócios em meu dia santo, se considerares o sábado teu dia favorito, o dia glorioso, consagrado ao Senhor, se o honrares, pondo de lado atividades, negócios e conversações, 14então te deleitarás no Senhor; eu te farei transportar sobre as alturas da terra e desfrutar a herança de Jacó, teu pai. Falou a boca do Senhor.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 85 (86)

— Inclinai, ó Senhor, vosso ouvido, escutai, pois sou pobre e infeliz! Protegei-me, que sou vosso amigo, e salvai vosso servo, meu Deus, que espera e confia em vós!

R: Ensinai-me os vossos caminhos e na vossa verdade andarei.

—Piedade de mim, ó Senhor, porque clamo por vós todo o dia! Animai e alegrai vosso servo, pois a vós eu elevo a minh’alma.

R: Ensinai-me os vossos caminhos e na vossa verdade andarei.

— Ó Senhor, vós sois bom e clemente, sois o perdão para quem vos invoca. Escutai, ó Senhor, minha prece, o lamento da minha oração!

R: Ensinai-me os vossos caminhos e na vossa verdade andarei.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 5, 27-32

- Glória a vós, Senhor Jesus, primogênito dentre os mortos!
- Não quero a morte do pecador, diz o Senhor, mas que ele volte, se converta e tenha vida (Ez 33, 11)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Naquele tempo, 27Jesus viu um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado na coletoria. Jesus lhe disse: “Segue-me”. 28Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu. 29Depois, Levi preparou em casa um grande banquete para Jesus. Estava aí grande número de cobradores de impostos e outras pessoas sentadas à mesa com eles. 30Os fariseus e seus mestres da Lei murmuravam e diziam aos discípulos de Jesus: “Por que vós comeis e bebeis com os cobradores de impostos e com os pecadores?” 31Jesus respondeu: “Os que são sadios não precisam de médico, mas sim os que estão doentes. 32Eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores para a conversão”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Comentário do dia por São João Paulo II (1920-2005), Papa
Mensagem aos jovens com vista à XX JMJ (6/8/04)


E ele, deixando tudo, levantou-se e seguiu-O.

Escutar Cristo e adorá-Lo leva a fazer opções corajosas, a tomar decisões por vezes heróicas. Jesus é exigente porque deseja a nossa felicidade autêntica; e chama alguns a deixarem tudo para O seguirem na vida sacerdotal ou consagrada. Quem sente este convite não tenha receio de Lhe responder «sim», e ponha-se generosamente no seu seguimento. Mas, além das vocações de especial consagração, existe também a vocação própria de cada baptizado: também ela é uma vocação àquela «medida alta» da vida cristã ordinária que se expressa na santidade (cf Novo millennio ineunte, 31). […]

São tantos os nossos contemporâneos que ainda não conhecem o amor de Deus, ou procuram encher o seu coração com sucedâneos insignificantes. É urgente, por conseguinte, sermos testemunhas do amor contemplado em Cristo. […] A Igreja precisa de testemunhas autênticas para a nova evangelização: homens e mulheres cuja vida seja transformada pelo encontro com Jesus; homens e mulheres capazes de comunicar esta experiência aos outros. A Igreja precisa de santos. Todos somos chamados à santidade, e só os santos podem renovar a humanidade.

Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

O QUE TODO CATÓLICO DEVE FAZER NA QUARESMA?

Os três domingos  consecutivos da  septuagésima, sexagésima e  quinquagésima (70, 60 e 50 dias  antes da Páscoa), tem por fim encaminhar  os  fiéis à preparação próxima da festa pascal.

Chama-se  Quaresma os 40 dias de jejum e penitência que precedem à festa da Páscoa.  Essa preparação existe  desde o tempo dos Apóstolos, que limitaram sua duração a 40 dias , em memória do jejum de Jesus  Cristo no deserto.

Durante esse tempo a  Igreja  veste seus  ministros com paramentos de cor roxa e suprime os cânticos de alegria: O “Glória”,  o “Aleluia” e o “Te Deum”.

EVANGELHO DO DIA 20/02/2015

Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2015.

Santo do dia: Santo Euquério de Orléans, Bispo
Cor litúrgica: roxo

Evangelho de hoje: São Mateus 9, 14-15

Primeira leitura: Isaías 58, 1-9
Leitura do livro do profeta Isaías:

Assim fala o Senhor Deus: 1“Grita forte, sem cessar, levanta a voz como trombeta e denuncia os crimes do meu povo e os pecados da casa de Jacó. 2Buscam-me cada dia e desejam conhecer meus propósitos, como gente que pratica a justiça e não abandonou a lei de Deus. Exigem de mim julgamentos justos e querem estar na proximidade de Deus:3“Por que não te regozijaste, quando jejuávamos, e o ignorastes, quando nos humilhávamos?” — É porque no dia do vosso jejum tratais de negócios e oprimis os vossos empregados. 4É porque, ao mesmo tempo que jejuais, fazeis litígios e brigas e agressões impiedosas. Não façais jejum com esse espírito, se quereis que vosso pedido seja ouvido no céu. 5Acaso é esse jejum que aprecio, o dia em que uma pessoa se mortifica? Trata-se talvez de curvar a cabeça como junco, e de deitar-se em saco e sobre cinza? Acaso chamas a isso jejum, dia grato ao Senhor? 6Acaso o jejum que prefiro não é outro: quebrar as cadeias injustas, desligar as amarras do jugo, tornar livres os que estão detidos, enfim, romper todo tipo de sujeição? 7Não é repartir o pão com o faminto, acolher em casa os pobres e peregrinos? Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne. 8Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá. 9aEntão invocarás o Senhor e ele te atenderá, pedirás socorro, e ele dirá: “Eis-me aqui”.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 50 (51)

— Tende piedade ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai completamente a minha culpa!
R: Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!
— Eu reconheço toda a minha iniquidade, o meu pecado está sempre à minha frente. Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei, e pratiquei o que é mau aos vossos olhos!
R: Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!
— Pois não são de vosso agrado os sacrifícios, e, se oferto um holocausto, o rejeitais. Meu sacrifício é minha alma penitente, não desprezeis um coração arrependido!
R: Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 14-15

- Salve, Cristo luz da vida, companheiro na partilha!
- Buscai o bem, não o mal, pois assim vivereis, então o Senhor, nosso Deus, convosco estará! (Am 5, 14)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, 14os discípulos de João aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Por que razão nós e os fariseus praticamos jejuns, mas os teus discípulos não?” 15Disse-lhes Jesus: “Por acaso, os amigos do noivo podem estar de luto enquanto o noivo está com eles? Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, sim, eles jejuarão”.
— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor

Comentário do dia por São Gregório Magno (c. 540-604)
Papa, Doutor da Igreja
6º sermão para a quaresma, 1-2; SC 49


«Então, hão-de jejuar»

Amados meus, «a terra está cheia da sua bondade» (Sl 33,5) em todo o tempo. […] Contudo, o regresso aos dias mais particularmente marcados pelo mistério da redenção humana, os dias que precedem a festa da Páscoa, exorta-nos a prepararmo-nos para ela através duma purificação religiosa. […] A festa da Páscoa caracteriza-se por toda a Igreja se regozijar com o perdão dos pecados. Esse perdão não ocorre apenas para quem renasce pelo baptismo, mas também para quem já faz parte da comunidade dos filhos adoptivos de Deus.

É verdade que é sobretudo o banho do novo nascimento que gera homens novos (Tit 3,5); apesar disso, compete-nos a todos renovarmo-nos diariamente para combatermos a corrupção da nossa condição mortal e, nas etapas do progresso interior, não há ninguém que não deva tornar-se cada vez melhor; todos devem fazer um esforço para que, no dia da redenção, ninguém permaneça nos seus vícios passados.

O que cada cristão deve fazer sempre, meus amados, deve agora ser procurado com mais urgência e generosidade. Assim, cumpriremos o jejum de quarenta dias instituído pelos apóstolos, não só pela redução de alimentos, mas sobretudo abstendo-nos de pecar. […] Nada nos aproveita mais do que juntar aos jejuns, razoáveis e santos, a prática da esmola; sob a designação de obras de misericórdia, ela abarca muitas ações bondosas, dignas de elogio, e é assim que as almas de todos os fiéis se podem unir num mesmo mérito, independentemente da desigualdade dos seus recursos.


Copyright© Arautos do Evangelho 2011. Todos os direitos reservados.
Divulgação autorizada, citando a fonte.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

QUARESMA, TEMPO DE VOLTAR PARA DEUS

quaresmaO momento favorável é agora! Será que amanhã estaremos aqui? Sabemos que a morte encerra o nosso tempo de se arrepender dos pecados e encontrar Deus, para viver com ele. Não deixemos para depois.

A quaresma é um tempo em que Jesus nos convida a ir para o “deserto” com Ele, não o deserto de areia, mas o deserto do nosso coração, onde Deus habita desde o nosso batismo, mas que tantas vezes esquecemos. Esses quarenta dias tem um significado grande na Bíblia; significa “um tempo de prova” antes de uma grande “vitória”.

O DOM DO CONSELHO EM MARIA

Nossa Senhora tem muitos dons. Ela é cheia de graça. Aqui transcrevemos uma matéria sobre um desses dons em Maria:
Nada mais banal do que o correr das águas num rio; entretanto, nada mais emocionante e grandioso do que o momento Nossa Senhora do Bom Conselho..jpgem que as sagradas águas do Batismo caem sobre a cabeça do neófito, pois é neste momento que Deus infunde na alma as virtudes teologais e cardeais, que inclinam a vontade à realização de boas obras.
Entretanto, devido à imensa fragilidade do homem após o pecado original, as virtudes não são suficientes para fazê-lo viver com toda a perfeição. Por este motivo, Deus concede também os sete dons do Espírito Santo - entendimento, sabedoria, ciência, conselho, fortaleza, piedade e temor de Deus - que são "hábitos sobrenaturais infusos, que agem sobre as virtudes, fortalecendo-as, tornando-as mais robustas e conduzindo-as a seu pleno desenvolvimento".1
Por meio deles o cristão recebe não um convite sobrenatural comum para praticar o bem ou evitar o mal, como é próprio às virtudes, mas uma moção especial do Espírito Santo que o impele a executar aquilo que o próprio Deus deseja.2 Ou seja, requer da pessoa mais docilidade que atividade.

INTRODUÇÃO SOBRE A QUARESMA

A Quaresma são os quarenta e seis dias, da Quarta-feira de Cinzas ao Domingo da Páscoa, em que jejuam os cristãos, exceto aos Domingos.

Nosso Senhor Jesus Cristo jejum por quarenta dias

Afirmam os Santos Padres (como se pode ver em Cornélio da Lápide, Bellarmino etc.) que a Quaresma foi instituição dos Apóstolos, para honrarmos e imitarmos o jejum de Cristo S.N., satisfazermos a Justiça divina, e, assim, nos preparamos à digna celebração da Páscoa.
Nesse tempo sagrado, substituindo a Igreja o luto às profanas alegrias, bradando a Deus a implorar Seu auxílio, a pedir-lhe a conversão dos pecadores, exorta-nos, e como que nos obriga, a entrarmos em contas conosco. Façamos-lhe a vontade, cumpramos com o preceito do jejum, e juntemos a essa penitência exterior a do coração, sondando o abismo de nossa consciência, lavando os pecados nas lágrimas da compunção e no sangue de Cristo, frequentando mais os Sacramentos, ouçamos a Missa todas as vezes que pudermos, apliquemo-nos à lição espiritual, à oração, à consideração das verdades eternas, à práticas das boas obras, façamos esmolas mais generosas, sirvam as nossas privações para o sustento dos pobres. Dessa sorta, apagaremos, nestes dias da salvação, nossas culpas passadas, e nos fortaleceremos contra as tentações futuras.

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...