MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


quinta-feira, 28 de julho de 2016

FAMÍLIAS QUE ORAM UNIDAS SÃO MAIS FELIZES E VIVEM MELHOR

"Família que reza unida permanece unida" não é só uma frase bonitinha: a ciência explica por que isso acontece

Familia en el santuario de Torreciudad - pt

Diversos estudos científicos chegaram à conclusão de que as famílias que oram juntas são mais felizes, permanecem mais unidas e, por isso, vivem melhor, confirmando assim a conhecida frase “família que reza unida, permanece unida”, que acunhou o sacerdote Patrick Peyton e que dizia com grande frequência São João Paulo II. A agência de notícias ‘Religión en Libertad‘ tomou a tarefa de compilar vários destes estudos.

Um deles foi o que realizou o professor de psicologia da Universidade Estatal de Dakota do Norte, Estados Unidos, Clay Routledge, que centrou sua investigação nos efeitos que a oração e a prática religiosa tem nas pessoas, não somente em relação à alma, mas na parte física e nas relações com os demais e com a sociedade.

“Há uma evidência que indica que a oração, um comportamento associado à religião, pode ser útil para os indivíduos e para a sociedade”, diz o professor sobre uma pesquisa recolhida pela UCCR, que menciona a agência de notícias.

terça-feira, 21 de junho de 2016

INTERCEDERNDO PELA CONVERSÃO E LIBERTAÇÃO DE ALGUÉM

arquidiocesedepalmasQuando você conhecer alguém triste ou necessitado de cura, seja espiritual, física ou emocional, arme-se com a armadura de Deus (Ef 6,10-17) e peça perdão dos seus pecados.

Leia e medite (2Cor 5,17-20 e 10,4-5). Perdoe a todos os seus ofensores e, na presença ou ausência dos necessitados, ore, com muita fé, a seguinte oração:

Senhor Pai eterno, em Nome do Teu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, derrubamos, com o poder do Espírito Santo, todas as fortalezas da mentira, engano, escravidão espiritual, presunção e orgulho em (dizer o nome da pessoa).

Senhor Pai amoroso, usando a autoridade que nos foi concedida pelo Senhor Ressuscitado, vencedor de todo mal e da morte eterna, derrubamos as barreiras que se levantam em (…) contra Teu conhecimento e adoração. Senhor Pai Justo e Santo, em Nome de Cristo Ressuscitado, único Senhor do universo, nós agora expulsamos de (…) todas as trevas e influências malignas em todas as áreas do seu ser, assim como todo e qualquer domínio que Teu inimigo, Senhor, possa ser sobre (…)

Neste instante, pelo Sangue do Senhor Jesus, que está na Sua glória intercedendo por nós, libertamos (…) para que ele(a) viva reconciliando (a) Contigo, se converta, confesse seus pecados e seja, doravante, Teu (Tua) filho (a) obediente. E agradecemos-Te por isso, Senhor.

Pela autoridade do Nome onipotente do Senhor Jesus, eu quebro todo o poder de Satanás, sobre a vida de (…), reclamo sua salvação, cura e libertação de todo malefício, macumba, controle mental, insegurança, medo, para que “a sua alegria seja perfeita” (Jo 16,24) e o Sangue precioso do Senhor Jesus produza em (…), os frutos do Espírito Santo. Santa Maria, Mãe de Deus, roga por este(a) Teu(Tua) filho(a) (…), por sua conversão e libertação. Amém, Amém. (Orar o Credo).

Texto retirado do livro: Orações de Todos os Tempos da Igreja

Fonte: Editora Cléofas

O ROSÁRIO - Dom Antônio de Castro Mayer

A Sagrada Liturgia saúda a Maria como vencedora, sozinha, de todas as heresias do mundo (Ant. do 3º not. do Of. Comum de Nossa Senhora)

Destas salutares proezas da Virgem Santíssima ficou especialmente marcada, na História, a vitória sobre os albigenses, esses maniqueus da Idade Média, que infestaram, sobretudo, a França e o norte da Itália. Contra eles, segundo consta, serviu-se São Domingos, fundador da Ordem dos Pregadores, da difusão da reza do Santo Rosário entre o povo fiel.

É oportuno salientar certa analogia entre várias posições dos hereges albigenses e os progressistas da igreja nova. Os albigenses negavam a Presença Real de Jesus Cristo na SS. Eucaristia, negavam igualmente a transubstanciação, admitiam o batismo só para adulto, opunham-se ao culto das imagens, eram contra a guerra mesmo defensiva, etc.

Em termos assim tão taxativos, não cremos haja progressistas que subscrevam as heresias dos albigenses. Porém, que na igreja nova se nota uma espécie de ojeriza pelas imagens, é coisa evidente, quando elas são desalojadas dos templos. Também o novo ordo da Missa obscurece a Fé na Transubstanciação, de que não fala, e na Presença Real, que não salienta como a anterior ao Vaticano II. Assim igualmente há quem peça o batismo só para os adultos com capacidade de escolher. Mais ou menos como seria a mãe que não alimentasse o filho de colo, porque não sabe se ele vai realmente desejar viver!

De maneira que hoje, como nos tempos dos albigenses, como sempre, é de suma importância a devoção do Sacratíssimo Rosário da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Na festa de Nossa Senhora do Rosário,  7 de outubro, convém salientar a grande atualidade da reza frequente, mesmo quotidiana, do Rosário, ou ao menos, do Santo Terço.

Fonte:  Vas Honorabile

O VERDADEIRO FEITIO MORAL DE SANTA BERNADETTE

Santa Bernadette

Sobre a vida Santa Bernadette Soubirous, Virgem, a quem Nossa Senhora apareceu, em Lourdes, o conceituado hagiógrafo Rorbacher diz o seguinte:

“Bernadette Soubirous era uma criança em tudo igual às outras. Nela só se destacavam a expressão do olhar de invulgar inocência”.
“Na primeira aparição, Bernadette só pode fazer o Sinal da Cruz depois que Nossa Senhora o fez. Mas segundo numerosas testemunhas, depois dessa visão, em toda a vida de Bernadette, seu Sinal da Cruz era inigualável e realmente inesquecível. Um sinal inimitável, pois a vidente o aprendera com a Santíssima Virgem.”
“Uma ocasião, no convento, insistiam com a Irmã Bernarda para que dissesse como era o vestido com o qual Nossa Senhora lhe aparecia. Uma das religiosas dizia que era desta fazenda, outra, daquela. Respondeu-lhe Bernadette:

UM VERDADEIRO DEVOTO DE MARIA NÃO SE PERDE

Um verdadeiro devoto da Santíssima Virgem Maria, que fielmente a serve e a ela recorre, jamais se perderá. A princípio, esta afirmação pode parecer um tanto quanto exagerada e fora da realidade. No entanto, antes de rejeitar esta proposição, meditemos a respeito. Quando dizemos que é impossível perder-se um devoto da Mãe de Deus, não estamos falando daqueles que abusam da devoção mariana para pecar com menos temor da condenação. Há quem desaprove que celebremos as misericórdias de Nossa Senhora para com os pecadores, dizendo que estes abusam dela para pecar mais. Mas, o fazem injustamente, pois esses que se acham salvos, por esta sua temerária confiança, merecem castigo e não misericórdia.

Saiba porque um verdadeiro devoto da Virgem Maria não se perde, mas alcança a libertação das ciladas do demônio e a salvação eterna.Nossa Senhora da Fátima

Aqui tratamos somente daqueles devotos da Santíssima Virgem que, ao desejar mudar de vida, perseveram nesse propósito. Bem-aventurados os que praticam as virtudes de Nossa Senhora, e caminham sobre as pegadas de sua vida, com o socorro da graça divina. Se procedermos dessa forma, seremos felizes neste mundo devido à abundância de graças e de doçuras que a Virgem Maria nos comunica de sua plenitude, com muito mais fartura do que aos outros, que não a imitam com tanto esforço. Seremos felizes também em nossa morte, que será doce e tranquila, sob os cuidados da Mãe de Deus, que nos conduzirá às alegrias eternas. Seremos felizes na eternidade, pois jamais se perdeu nenhum dos seus servos, que durante a vida tenham imitado fielmente as suas virtudes.

A MENINA QUE PASSOU A NOITE COBERTA COM O MANTO DE NOSSA SENHORA

Ela tinha apenas 3 anos de idade e se perdeu dos seus pais em plena noite de inverno

little girl sleeping

Uma menina de apenas 3 anos de idade se perdeu dos seus pais na cidade espanhola de Rojales. A noite gelada chegou, no rigoroso inverno europeu, e seus pais, com o coração partido de dor, recorreram às autoridades. A notícia correu de boca em boca. O povoado inteiro se mobilizou. Os jovens, com tochas, percorreram as redondezas do local e da cidade vizinha, mas a pequena não aparecia em lugar nenhum. Era 18 de janeiro de 1896.

No dia 19, os habitantes das cidades vizinhas foram avisados, e todos procuravam a menina com ansiedade. As pessoas esperavam encontrar pelo menos seu cadáver, supondo que ela não teria resistido ao frio da noite anterior.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

BEM-AVENTURADOS OS QUE SÃO PERSEGUIDOS

Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10).

Em tempos, nos quais nós cristãos continuamos a ser perseguidos, ameaçados; em muitos países sofremos violências, torturas, somos escravizados e mortos, meditemos sobre esta promessa de nosso Senhor Jesus Cristo: “Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10). Este é o tema do oitavo e último artigo da série “As Bem-aventuranças”, que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produziu, e que apresentamos exclusividade:

“Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10).

Fuga de São José com a Virgem Maria e o Menino Jesus para o Egito.

A perseguição por causa da justiça

Logo no início da História Sagrada, vemos a presença da perseguição. Abel reconhecia Deus como seu Senhor e dava a Ele, em gratidão, o que era de melhor. Isto incomodava Caim, pois as suas ofertas não eram por amor, por reconhecimento. Caim não conseguia ter o mesmo desapego de seu irmão e para não mais se sentir importunado, resolveu o perseguir, e a melhor forma que encontrou de vingar-se foi assassinar Abel (cf. Gn 4, 1-8). Sabe o real motivo? Porque as suas obras eram más, e as do seu irmão, justas (1 Jo 3, 12). Esta perseguição perdurou em toda a história da humanidade, se faz presente até nossos dias e faz parte das nossas vidas muito mais do que imaginamos.

BEM-AVENTURADOS OS PACÍFICOS

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declara: “Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!” (Mt 5, 9).

No tempo em que vivemos, no qual o ódio, a violência, os crimes, a guera e tantos outros males estão cada vez mais presentes nos mais diversos povos e culturas em todo o mundo, somos convidados a meditar sobre este ensinamento e, ao mesmo tempo, promessa de nosso Senhor Jesus Cristo: “Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!” (Mt 5, 9). Este é o tema do sétimo artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre “As Bem-aventuranças”, e que apresentamos exclusividade:

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declara: “Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!” (Mt 5, 9).Nossa Senhora Rainha da Paz

Quando alguém questiona outra pessoa perguntando se ela é pacífica, o que necessariamente está querendo saber? Na verdade está examinando se ela tem sentimentos. Se for bondosa e caridosa, possivelmente é por ser pacífica! Se for maldosa, avarenta e briguenta não carregará no coração a paz, ou seja, não é pacífica. O coração, é a mais íntima parte do homem, refere-se a tudo o que diz respeito ao interior misterioso de um ser humano. “O coração contente alegra o semblante, o coração triste deprime o espírito” (Pr 15, 13). Onde estão os afetos humanos? No coração! Todos os corações podem ser bombardeados pelas adversidades da vida, mas só aqueles que estão em Deus, que esperam em Deus e levam Deus para os outros, permanecerão pacíficos. Ser pacífico envolve mais do que a temperança1. A pessoa pacífica toma a iniciativa de ser amigável e promover a paz àqueles com quem convive. Ser pacífico é ser caridoso, pois ele oferece a todos a paz.

BEM-AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo fez a nós uma promessa extraordinária: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mt 5, 8).

Em tempos nos quais a impureza aumenta cada vez mais nos corações, é de suma importância meditarmos a sexta “Bem-aventurança”, na qual nosso Mestre e Senhor Jesus Cristo proclama: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mt 5, 8). Esta é o tema do sexto artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre as Bem-aventuranças e que apresentamos exclusividade:

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo fez a nós uma promessa extraordinária: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mt 5, 8).A Imaculada Conceição

Um dia eu tive um sonho: nosso Senhor dizia-me que muitos homens são o que são, agressivos, luxuriosos, gananciosos e ingratos, por que lhes foi tirado do coração a pureza e a inocência. Por isso, Ele pediu para ensinar as nossas crianças da catequese, que são embaladas pelo carisma de nossa comunidade, esta oração:

Mãezinha do Céu, guarda a minha pureza e minha inocência. Não permitas que o mal arranque do meu coração o amor que tenho por Ti e por Teu Filho Jesus. Protege a Família Discípulos da Mãe de Deus, para que possa sempre te fazer mais conhecida e amada. Abençoa meus pais, meus irmãos e meus amigos. Obrigado por tudo o que eu tenho. Amém1.

BEM-AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS

Pensemos na maravilhosa promessa que Jesus Cristo fez a nós no Sermão da Montanha: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!” (Mt 5, 7).

Neste Ano Santo da Misericórdia, é significativo meditarmos a quinta “Bem-aventurança”, na qual nosso Senhor Jesus Cristo proclama que são “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!” (Mt 5, 7). Esta é o tema do quinto artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produziu sobre as Bem-aventuranças e que apresentamos exclusivamente:

Pensemos na maravilhosa promessa que Jesus Cristo fez a nós: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!” (Mt 5, 7).Jesus e a pecadora perdoada (cf. Lc 7, 36-50).

Interessante! Há pessoas que não são misericordiosas, por isso não conseguem ter um ato de misericórdia. Ser misericordioso é algo comportamental (atitude), constante (hábito) e espiritual (místico). Segundo o dicionário Aurélio, a palavra “misericórdia” significa compaixão suscitada pela miséria, pela dor alheia. Algumas pessoas não são caridosas, mas conseguem fazer caridade. Pois, fazer caridade pode ser algo momentâneo (passageiro), circunstancial (num caso particular) e material (visível). Mas, a misericórdia segundo o Evangelho ultrapassa todos esses conceitos.

OS BEM-AVENTURADOS, A FOME E SEDE DE JUSTIÇA

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declarou “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!” (Mt 5, 6).

Meditemos a quarta “Bem-aventurança”, na qual nosso Senhor Jesus Cristo nos ensina que são “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!” (Mt 5, 6). Esta é o tema do quarto artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre as Bem-aventuranças.

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declarou “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!” (Mt 5, 6).O nascimento do Menino Jesus num presépio (cf. Lc 2, 7).

Minha Mãe do Céu, quanto mais eu te tenho, mais eu te quero!

Meu Pai do Céu, quanto mais eu comungo o teu Filho, mais fome tenho de seu Pão!

Quando reflito nesta Bem-aventurança, mais eu rezo e me entrego na súplica, para que meu desejo pelas coisas celestiais aumente e adorne a minha alma.

BEM-AVENTURADOS OS MANSOS

Eis a promessa que o Senhor Jesus faz a cada um de nós: “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra!” (Mt 5,5).

Na terceira Bem-aventurança, nosso Senhor Jesus Cristo nos ensina que são “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra!” (Mt 5,5). Este é tema do terceiro artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre as Bem-aventuranças. A partir desta passagem, somos convidados a meditar sobre o significado bíblico, teológico e magisterial desta mansidão e da promessa de Deus a ela condicionada: “possuirão a Terra!”.

Eis a promessa que o Senhor Jesus faz a cada um de nós: “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra!” (Mt 5,5).Milagre de Jesus nas bodas de Caná (cf. Jo 2, 1-12).

Quando falamos em possuir a Terra… Todo mundo quer! Quando se coloca a condição de ter que ser “manso” para possuir tal “terra”, as pessoas resfriam na conquista da Bem-aventurança. Por que será? É simples! Não sabemos ainda o significado de ser “manso”.

BEM-AVENTURADOS OS QUE CHORAM

No Sermão da Montanha, Jesus nos ensinou: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!”.

Na segunda Bem-aventurança, Jesus Cristo declarou: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!” (Mt 5, 4). Como todos os cristãos, os consagrados marianos devem também observar e dar credibilidade às palavras do Senhor no Sermão da Montanha. O que nosso Senhor lá falou, são os compromissos a serem assumidos. Se tivermos fé, poderemos ser consolados. Dependendo dos motivos que nos fazem chorar, seremos beneficiados, segundo a promessa de Jesus.

No Sermão da Montanha, Jesus nos ensinou: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!”.Santo Agostinho, Nossa Senhora da Consolação e Santa Mônica

Mesmo que muitos digam que o mundo é dos fortes, dos destemidos e valentes, e afirmem que “homem que é homem, não chora!”, é fundamental que estejamos atentos e compenetrados nas Bem-aventuranças. Precisamos ter certeza e convicção de que aqueles que “choram” por causa do Reino dos Céus, serão consolados. Só assim, passaremos pelo “vale das lágrimas”, confiantes e sustentados pelas juras do Alto.

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...